ANÁLISE

PREOCUPAÇÕES, ANSEIOS E NOVOS HÁBITOS DOS ARGENTINOS EM TEMPOS DE PANDEMIA
Homeworking - covid

Através do ecossistema Untold, a Ágora complementa sua oferta de serviços integrando áreas como pesquisa, criatividade ou estratégia de marca. A Quiddity, a agência de pesquisa e big data do ecossistema, fez um estudo de opinião pública sobre as preocupações, os anseios e os novos hábitos dos argentinos em tempos de pandemia.

O estudo revela que só quatro de cada dez pessoas conseguiu adaptar suas tarefas de trabalho ao entorno doméstico, sobretudo aquelas que pertencem ao segmento ABC1. Porém, 70 porcento dizem que suas responsabilidades não têm diminuído e que trabalham igual ou mais. Enquanto 5 porcento dos entrevistados afirmam ter ficado sem emprego durante a quarentena, alcançando 10 porcento nos setores mais vulneráveis e especialmente no interior do país.

No caso da saúde e da higiene, três de quatro pessoas se sentem muito preocupadas pelo coronavírus e, na mesma proporção, afirmam que vão manter algumas das novas medidas de higiene adotadas depois de a quarentena terminar.

Por sua vez, 81 porcento dos entrevistados concordam com as medidas ditadas pelo governo, porém só 32 porcento acham que a lacuna entre os partidos políticos não reduziu seu tamanho.

Como aprendizado positivo, 48 porcento confiam em que a quarentena vai deixar como resultado uma maior solidariedade entre os vizinhos. E 67 porcento consideram que vão passar mais tempo em família.

O relatório completo pode se descarregar aqui.